sexta-feira, 5 de março de 2010

SEM MUDAR DE CANAL NOS BOTECOS!

O cabra que frequenta botequim quer saber de beber e apreciar um aperitivo. Vai para o bar com a intenção de jogar conversa fora e encontrar os amigos.

Os botecos mais nobres não possuem televisão mas atualmente isso vem mudando. Alguns possuem as clássicas tvs de quatorze polegadas, que ficam sempre brilhosas por causa da gordura, com um bombril na antena para aliviar o chiado e outros já com as modernas telas de "lcd", grandes e imponentes, mas que não me enchem os olhos.

Entendo que o avanço destes aparelhos nos bares ocorre por causa das partidas de futebol. Não é todo mundo que pode pagar para ver os jogos na tela de casa, uma vez que hoje em dia a transmissão da maioria dos jogos é monopolizada pelos canais a cabo. Então o caboclo sai de casa ou do trabalho, e vai para seu bar predileto assistir o jogo do seu time. Percebo, pelo menos nos bares que frequento, que há uma disputa maior pelas televisões pequenas, as clássicas citadas acima. Acho que o povo sente-se mais à vontade perto delas. O verdadeiro amante de bar, o das antigas, não está acostumado com o show de luzes da tela gigante.

Então temos o cara que vai para o botequim beber sua cerveja com os amigos, jogar conversa fora e assistir futebol quando tem.

O que não dá, digamos, é inaceitável, é você estar pousado no balcão após um dia de trabalho bebendo uma gelada merecida e ouvir do outro lado do boteco um malandro pedindo para que o o cara que está te servido coloque na novela, Big Brother ou bostas similares. Não dá! Se eu passar por um bar que tenha alguma coisa dessas na tela nem entro. Se eu estiver num bar e colocarem num canal sem ser de futebol vou reclamar, se não tirarem vou embora.

Ontem passei no Marreco (um bar aqui na Tijuca) depois do batente, e assim que o juiz apitou o final da partida que passava na tv, um animal começou a dar ataque de bichola pedindo o Big Brother. Lógico que foi escorraçado pelo proletariado local.

Desliguem este troço e deixe-nos em paz bebendo neste momento sagrado! Fora!

6 comentários:

Nelson Borges disse...

Excelente Felipinho,
concordo totalmente, se não for futebol é melhor desligar, pois o som que vem da rua é muito mais agradável.

Abraços

leo boechat disse...

Pedir pra mudar pra novela ou Big Brother… SIGNIFICA!

ipaco disse...

Concordo inteiramente com vc! TV em bar, só pra futebol e olhe lá... abs. pt.

Israel disse...

Por falar em Big Brother, na terça Bial cruzou as pernas e gritou: "Chegamos a 92 milhões de ligações". Será que é verdade? Cada ligação a 0,47 corresponde a um total de 43.240.000,00. Não sei como esta grana é rachada, mais é muito dinheiro gasto em uma imbecilidade.

NADJA GROSSO disse...

Filipinho
Diariamente ao sair da empresa, entro no buteco em frente a minha residencia onde paro bebo uma geladinha e subo vou para casa, cada canto do bar o Zé colocou uma TV, no salão e na frent do Bar, apenas para futebol. Você sabe que deu certo ele em dia de jogo fica com o bar cheio, porem fora futebol e TV desligada e pronto.

Felipinho disse...

Felizmente não posso debater sobre este programa contigo, Israel. Não assisto.